5 Erros contábeis que podem prejudicar uma empresa!

 em Artigos

Erros contábeis podem tirar o sono de qualquer um. As consequências e burocracias envolvidas costumam ser severas para quem não se atenta a alguns pontos.

Mas o que muitos não sabem é que as maiores dificuldades surgem por conta por simples desconhecimento.

Neste artigo, listamos 5 erros contábeis que podem prejudicar qualquer empresa.

Negligenciar a contabilidade
Você deixaria o futuro da sua empresa nas mãos de uma pessoa inexperiente? A resposta com certeza é não. Mas é exatamente isso o que muitos fazem ao negligenciar as finanças do próprio negócio.

Esse é um ponto básico, mas onde muitos empreendedores e empreendedoras ainda erram.

A contabilidade é uma das partes mais importantes de uma empresa e seu crescimento saudável depende disso. Tudo começa e termina entre os balanços de receitas, despesas e impostos. Explicamos um pouco mais detalhadamente sobre isso no artigo “Sinais de que a empresa precisa de um contador”.

E, nessa hora, não adianta achar que qualquer um dará conta da função. Se cogita abrir um setor fiscal interno, contrate profissionais experientes e fiscalize de perto o trabalho elaborado.

Mas caso vá terceirizar com um escritório de contabilidade, certifique-se de ele estará ao seu lado para o que você precisar! Se está em dúvidas sobre como escolher um, confira o nosso outro artigo “7 passos para contratar um bom escritório de contabilidade”.

Não planejar as finanças
Lidar com finanças é delicado e trabalhoso, mas segue um princípio básico: a organização. Ela permite que você tenha acesso a tudo o que entra e sai do caixa e faz com que você trabalhe com mais assertividade.

Depois de passar pela ponta do lápis, ou melhor: pelas planilhas, seus dados estarão mais seguros. Você poderá consultá-los a qualquer hora e saber em que pontos está acertando ou deixando a desejar.

Além do mais, se organizar faz com que você não se esqueça de nada. Listar os impostos, receitas e despesas é uma prática saudável e segura.

Não documentar as transações
Notas fiscais, comprovantes e recibos de cobrança: são diversas as documentações que configuram a contabilidade de uma empresa. E todos esses registros existem por um bom motivo.

Infelizmente, por desorganização ou desconhecimento, muitas empresas não contam com sistemas de arquivamento e acabam perdendo esses importantes comprovantes.

O resultado aparece na hora de declarar o imposto de renda ou em qualquer outra situação na qual a empresa precise justificar seus rendimentos.

Se um processo judiciário assolar a sua empresa hoje, você teria arquivado e com fácil acesso toda a papelada referente aos seu balanço financeiro? Se a resposta for não, é melhor começar a cogitar um contador.

Misturar finanças pessoais e empresariais
Esse é um erro muito comum cometido especialmente por microempreendedores individuais (MEIs), pequenas e média empresas.

Se a desorganização fiscal da empresa chega a esse ponto, as coisas podem ficar um poucos mais preocupantes. Além tornar mais difícil a tarefa de gerenciar as contas, essa vinculação pode prejudicar o dono da empresa a longo prazo.

Se você está em uma situação assim, não perca mais um segundo em meio a bagunça. Separe “o joio do trigo” ou peça ajuda um contabilista.

Errar e repetir o erro
Tudo bem, errar é humano. Mas quando falamos de dinheiro, uma vírgula pode ser catastrófica.

Então não se dê ao luxo de contar com o talento ou com a sorte. Erros podem ser evitados com algumas mudanças simples na rotina de trabalho e evitar dores de cabeça desnecessárias. Entre as atitudes que você pode tomar estão:

Estabeleça métodos de revisão na cadeia de tarefas do setor fiscal
Automatize o que puder, sem desconsiderar o olhar humano supervisionando todo o processo
Para isso, invista em softwares profissionais para a sua contabilidade
Conte com uma empresa confiável para cuidar das suas finanças
Faça balanços periódicos comparando os resultados

A simples atenção ao quesito, tornará os profissionais envolvidos mais cientes do que acontece no cofre da empresa. Pôr rotineiramente as finanças em pauta faz uma grande diferença!

E caso não tenha ficado suficientemente claro: revise, revise e revise.

E então? Sua empresa já cometeu ou tem cometido algum desses erros? Agora você já sabe exatamente o que aplicar ou deixar de fazer na contabilidade da sua empresa.

Se ainda tem alguma dúvida, fique a vontade para entrar em contato conosco. Será um prazer conversar e esclarecer mais sobre esse importante assunto.

Recommended Posts