6 principais relatórios contábeis que a Incolape realiza

 em Artigos

Um Informe Contábil, Relatório Contábil ou Demonstrativo Contábil é um documento muito importante que contém informações simplificadas e resumidas sobre o funcionamento econômico-financeiro de um empreendimento. Por meio dos dados dos relatórios é possível analisar de forma mais segura o funcionamento da empresa, eliminando fragilidades e fortalecendo o negócio no mercado.

Por isso, a contabilidade é conhecida como a ciência que garante aos administradores de empresas uma visão mais apurada sobre a situação geral do empreendimento, uma análise sobre o patrimônio em si e também sobre todas as transações financeiras. Além disso, a contabilidade e seus relatórios são essenciais para que seja traçado um panorama sobre todas as atividades desenvolvidas.

Para que servem os Relatórios Contábeis?

Os relatórios contábeis possuem funções muito mais importantes do que simplesmente descrever a situação econômica-financeira de uma empresa. Os números do informe contábil são postos de maneira simplificada e podem ser traduzidos em dados muito importantes para quem está liderando a empresa.

Ou seja, quando bem interpretados pelos administradores, os informes fiscais acabam ganhando grande utilidade, já que podem indicar onde deve-se aplicar recursos disponíveis, onde será preciso tomar empréstimos ou cortar gastos e assim por diante.

Além disso é possível acompanhar toda a rentabilidade do empreendimento em determinado período de tempo e avaliar se os quocientes estão coerentes com o delineamento de metas estratégicas para aquele mesmo período.

Se o resultado financeiro da empresa for suficiente para manter os investimentos e seguir o planejamento, isso significa que os dados apontados pelo relatório são razoáveis e que o negócio está caminhando com sucesso. Caso os resultados sejam conflituosos é hora de repensar estratégias e aperfeiçoar os pontos fracos da empresa.

Relatórios Fiscais são, portanto, instrumentos indispensáveis para que o gestor analise melhor o cenário, tendo mais base para compreender o contexto corporativo e o momento exato pelo qual o empreendimento está passando.

Dependendo do tempo de existência de uma empresa, entender bem todas essas relações pode ser a chave para o sucesso do negócio. Lembrando que muitos negócios se encerram devido à falta de organização contábil e de planejamento financeiro.

Como fazer um Relatório Fiscal?

Com a tecnologia de hoje em dia é possível alcançar ótimos resultados quando o assunto é contabilidade. No entanto, não raro os  gestores não entendem muito bem sobre os relatórios fiscais ou não estão muito familiarizados com o uso da tecnologia para alavancar os negócios, por isso, pode ser preciso que a empresa invista em recursos humanos para potencializar os ganhos da empresa.

No caso de empresas maiores, é usual que a “gestão” das contas do negócio seja terceirizada, que seja entregue a um escritório de contabilidade especializado. Dessa forma, é possível que os administradores possam concentrar seus esforços em outros segmentos da empresa. Essa opção comprovadamente traz bons resultados e, geralmente, os ganhos da empresa superam muito os investimentos no setor da contabilidade.

Mas não são somente as grandes empresas que apostam na terceirização dos serviços contábeis. Cada vez mais pequenas e médias empresas apostam nesse tipo de serviço e recebem relatórios sucintos , com dados relevantes e essenciais para a tomada de decisões do dono do empreendimento.

Os Relatórios Fiscais são úteis para vários setores da empresa. Para a gerência, diretoria, conselho administrativo e, claro, para todos os outros setores da empresa que se beneficiam dos dados indiretamente.

Os Relatórios são obrigatórios?

Como já dissemos anteriormente, o Relatório Contábil é a exposição resumida das informações colhidas pela contabilidade. Seu principal objetivo é traduzir números em dados ordenados que possam fornecer aos interpretadores um panorama dos fatos financeiros da empresa em determinado período de tempo.

Os relatórios são divididos em dois tipos: os obrigatórios e os não obrigatórios.

Os Demonstrativos obrigatórios são aqueles exigidos por lei e são conhecidos como Demonstrações Financeiras. São requisitados para as sociedades anônimas e parte deles para outros tipos de associados, por meio do Imposto de Renda.

A Importância de cada relatório é bastante relativa, ou seja, alguns relatórios não são considerados obrigatórios mas são imprescindíveis para uma boa administração.

Para te ajudar com todos os Relatórios Fiscais, conte com a assistência da Incolape. Nós oferecemos inúmeros serviços que podem facilitar a vida de qualquer gestor, garantindo a eficiência de dados nos relatórios, bem como uma consultoria completa.

Abaixo estão listados os relatórios que a Incolape realiza. Acompanhe!

Relatórios que a Incolape realiza para sua empresa:

  • Balanço Patrimonial (BP)
  • Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)
  • Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados
  • Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido
  • Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos
  • Demonstração do Fluxo de Caixa

A Norma Brasileira de Contabilidade Técnica (NBC T 19.13), expedida pelo Conselho Federal de Contabilidade, destaca que “as microempresas e as empresas de pequeno porte devem elaborar, ao final de cada exercício social, o Balanço Patrimonial (BP) e a Demonstração do Resultado (DRE)”. Dessa forma, os outros Relatórios mencionados anteriormente são facultativos.

Apesar de muitos administradores de empresas atribuírem conceitos equivocados ao setor de contabilidade, remetendo-o à mera burocracia tributária, não há dúvidas de que o departamento contábil é um forte aliado do gestor moderno, auxiliando o gerenciamento das empresas.

Prova disso é a disseminação das informações contidas nos Relatórios Fiscais. Antes restritas ao pessoal da Controladoria, os dados dos Demonstrativos circulam nas mesas de decisões finais.

Esse é um traço bastante típico da descentralização da administração, marca registrada das empresas de sucesso modernas: oferecer dados e informações simplificadas a todos os funcionários da empresa, para que, dessa forma, haja sintonia no trabalho de todos e para que possam ser traçadas projeções mais certeiras para o futuro.

E é justamente essa a proposta da Incolape, fechar uma parceria entre o setor administrativo e o de contabilidade. Por meio do diálogo e da negociação, é possível que os gestores dos negócios exponham suas necessidades gerenciais mais urgentes, e os contadores decifrem os números, traduzindo-os em dados facilmente interpretáveis. Dados estes que podem melhorar e muito a realidade da empresa!

Recent Posts