Cuidados e obrigações durante a abertura de uma empresa: entenda!

Para o empreendedor que deseja montar o seu próprio negócio, é normal surgirem várias dúvidas de qual passo seguir, como documentação, nome da empresa, registros, entre outros detalhes.

Mas para responder todas estas questões, a INCOLAPE separou algumas dicas que tornarão este processo o mais simples possível.

Antes de abrir seu CPNJ, você deve avaliar se existe um perfil empreendedor, definir suas metas, orçar custos iniciais e traçar uma estratégia, além de planejar uma reserva de capital e escolher o regime de tributação mais adequado para o seu negócio.

Outro ponto crucial, é conhecer a alma do seu negócio. É imprescindível conhecer seu produto e/ou serviço e público-alvo. Com isso, é possível monitorar a concorrência e traçar estratégias.

Depois desta análise, você deverá decidir qual tipo de empresa deve abrir e definir o formato jurídico, regime tributário e porte da empresa. Saiba como:

· Formato jurídico – os três mais comuns são Empresário Individual, EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) e Sociedade Limitada. Empresário Individual e EIRELI são modelos sem sociedade.

·   Regime Tributário – a análise irá definir se o negócio será enquadrado no Simples Nacional ou em lucro presumido.

·   Porte da empresa – o faturamento define o tamanho da empresa, ou seja, se a fatura anual for de até R$ 360 mil, ela se enquadra como uma Microempresa (ME). Se a receita bruta for superior a R$ 360 mil ou igual e/ou inferior a R$ 4,8 milhões ela será enquadrada como empresa de Pequeno Porte.

Apesar de todas estas dicas, você pode solicitar esta análise na INCOLAPE, conhecida por ser um dos escritórios de contabilidade mais renomado da região.

Venha para a INCOLAPE

Traga sua empresa para a Incolape

quero contratar