4 Dicas para aumentar o lucro da sua empresa

 em Artigos

Para alguns negócios, seja pela quantidade de despesas ou matéria prima exigida, contas e mais contas são feitas para manter o capital em equilíbrio. Para outros, a lucratividade é natural e intrínseca ao serviço ou produto oferecido.

Este último caso é o mais perigoso, pois faz com que a empresa não busque aprimorar ainda mais seus processos para tirar proveito do sucesso e para manter sempre a estabilidade, mesmo em alguma eventual crise ou fase de menor procura.

Uma coisa é certa: todo empreendedor quer aumentar seus lucros. Seja para crescer no mercado ou simplesmente para obter um maior retorno sobre investimento, os esforços existem, em diferentes proporções.

Então, este artigo é dedicado a toda e qualquer empresa que precise daquele impulso a mais para melhorar sua margem de rendimentos. Confira essa lista com 4 dicas para aumentar o lucro da sua empresa:

Separe as contas
Se você quer lucrar, precisa ter na ponta do lápis todos os números da sua empresa. Entender seus gastos e orçamentos deve fazer parte da rotina contábil. Sem isso, nenhuma ação financeira será possível.

Quanto mais informações a sua empresa conseguir coletar, melhor. Então invista em uma boa contabilidade e em ferramentas de controle de dados. Mantenha todas as informações atualizadas e cruze o máximo de dados possíveis, para um panorama fiel da atuação da organização.

Tenha uma estratégia financeira
Antes de sair cortando gastos ou investindo em novas tecnologias para produção, você precisa decidir exatamente o que fará e calcular o que é possível e vantajoso para a sua empresa no momento.

Você pretende aumentar o retorno sobre investimento (ROI) ou aumentar o volume de vendas? Se quer mais retorno, vai investir em comunicação ou cortar custos? Vai procurar por novos fornecedores? Rever sua cadeia de produção? E se quer aumentar volume de vendas, tem condições de investir em novas tecnologias? Ou então em novos funcionários? Tudo isso deve ser previsto.

De qualquer forma, você terá que fazer alguns investimentos em tempo ou dinheiro para conseguir colher melhores frutos no futuro. Independente da ação que for tomar, planilhe e preveja todos os gastos e esforços.

Tenha controle sobre as despesas
Com os dados em mão e uma estratégia definida é possível então escolher a postura da empresa em relação ao seu balanço financeiro. Chegou a hora de analisar o que você pode e não pode cortar.

O primeiro ímpeto para muito é fazer essa relação direta entre menos despesas e mais lucros, sem analisar como o investimento em questão impacta na produtividade ou no valor para o cliente final. Tenha consciência e converse com o máximo de pessoas possível.

Invista na equipe de vendas
Fazendo ou não um corte de gastos, invista, de alguma forma, na equipe de vendas. Você pode adquirir novos softwares ou ferramentas, admitir novos funcionários, investir em cursos e especializações ou simplesmente formular uma nova estratégia ou fluxo de trabalho para os profissionais dessa áreas.

Você precisa de pessoas que saibam vender o seu produto. De nada adianta produzir em larga escala se os produtos ficarem estocados. De nada adianta investir em treinamentos e melhorias do prestadores se ninguém fecha com os seus serviços.

Observe a porcentagem de conversão de vendas de interessados. Se ela estiver abaixo de média esperada, considere se aproximar um pouco mais para entender as causas e então tomar algumas ações cabíveis.

Com algumas contas e planejamentos, é possível economizar muito. Essas 4 estratégias ajudarão a sua empresa a aumentar sua margem de lucros.

E se precisar de uma empresa de contabilidade para lidar com essa nova fase, pode contar com a Incolape!

Continue acompanhando e tenha acesso a mais conteúdos como esse. Siga-nos também nas redes sociais.

Recommended Posts